This is an example of a HTML caption with a link.

Archive for Novembro 2013

TATUAGEM DE VICIADOS EM CAFÉ

GOSTA DE CAFÉ? AMA CAFÉ? É VICIADO EM CAFÉ?
ENTÃO DÁ UMA OLHADA NESSAS TATUAGENS LINDAS SOBRE ESSA MARAVILHOSA BEBIDA SEM A QUAL NÃO VIVEMOS!























ENVIADO PELA QUERIDA AMIGA TATUADA E AMANTE DE CAFÉ GIOVANA VIAIS ;)

SANTA MUERTE


Na cultura mexicana, o Dia dos Mortos é comemorado festivamente, com o uso de caveiras enfeitadas e a confecção das famosas caveiras de açúcar (“sugar skulls“), para lembrar as pessoas que já morreram. Outra tradição que pode ser vista por estrangeiros como macabra é o culto a uma das santas pagãs mais populares do México, a Santa Muerte ou, em português, Santa Morte.  Oficialmente, os fiéis elegeram o 15 de agosto como seu dia.
Geralmente, a santa carrega uma foice para ceifar as almas, com um relógio de areia, simbolizando a passagem do tempo a brevidade da vida, e o mundo em suas mãos. Usando um manto de cetim, é dito que ela traz proteção e saúde a entes queridos e, não sendo oficialmente reconhecida pela igreja católica, tornou-se uma espécie de padroeira de criminosos como traficantes ou membros de gangues. Seu culto era, até recentemente, clandestino, mas nos últimos dez anos a veneração se tornou pública, mostrando o quão conhecida está a tradição principalmente entre as classes mais baixas e marginalizadas do México. Conquistando cada vez mais fiéis, a Santa Morte é também venerada pelas comunidades de imigrantes latinos dos Estados Unidos.
As cores que usa dependem da intenção do fiel, podendo ser o vermelho para o amor, o verde ou o dourado para o sucesso financeiro e assim por diante. A ela são feitos também pedidos de vingança ou de morte de outras pessoas. Sua face pode ser coberta por um véu, para ocultar o destino que todos carregamos em nosso próprio rosto, por baixo de nossas peles.
A história da “santa da morte” vem dos tempos pré-hispânicos, quando eram adoradas divindades da cultura asteca como Mictecancuhtli e Mictecacihuatl, deus e deusa da morte, respectivamente. A esses deuses, foram confiados os mortos, para que facilitassem seu caminho pós-vida até a região dos mortos ou ao inferno. A morte é descrita como uma encarnação de um poder enviado por Deus, necessário para a vida.
A santa é também conhecida como La Flaca, FlaquitaLa Niña Blanca, La Comadre, La Bonita, La Señora ou Chiquita, nomes que são usados devido à crença de que a santa prefere não ser chamada por seu nome próprio, mas que aprecia quando se referem a ela com apelidos carinhosos. Seu culto é acompanhado com velas e medalhas dedicados à sua figura. Seus santuários são também decorados com rosas vermelhas, cigarros e garrafas de tequila. As oferendas são também variadas, incluindo rosas, maconha, cigarros ou charutos, frutas, doces e bebidas.
Santa Muerte teria aparecido em Hidalgo, em 1965. Sua história está enraizada nos estados do México, Guerrero, Veracruz, Tamaulipas, Campeche, Morelos e no Distrito Federal, no bairro de Tepito, centro da capital mexicana,  é comumente usada por criminosos ou comerciantes. Também em Nuevo , Chihuahua e Tamaulipas, La Santa Muerte se tornou um rito que é fruto de sincretizações religiosas, carregando uma balança (como a de São Miguel) ou vestindo um manto vermelho e uma coroa dourada, como a Virgem Maria. Apesar do repúdio mostrado pela igreja católica romana, algumas paróquias aceitam e integram a santa, em função do grande número de seguidores, alçando-a ao mesmo nível da Virgem de Guadalupe.

TATTOO CPS - A REVISTA DE TATUAGEM DE CAMPINAS


Foi lançada no início de Novembro uma revista voltada especialmente para tatuagem em Campinas! As edições serão trimestrais e já conta com a participação de muitos artistas premiados!
A Tattoo CPS é o primeiro informativo de Campinas e região direcionado aos amantes de tatuagem, piercing e cultura alternativa em geral!

A primeira edição vem com muita informação bacana, muitas dicas de onde e com quem tatuar, e conta com uma seção especial e muito interessante sobre os cursos de formação de novos tatuadores oferecidos pela Brazilian Steel!


MITOS E VERDADES SOBRE TATTOO E PIERCING

FAZER TATUAGEM DÓI? PIERCING MAL COLOCADO CAUSA PARALISIA? DESCUBRA ESSAS E OUTRAS PERGUNTAS FREQUENTES!


A modificação corporal, apesar de já ter quebrado muitos tabus, ainda é um assunto polêmico e todo mundo tem um monte de dúvidas. Fazer tatuagem dói? E colocar piercing? Chegou a hora de você descobrir o que é verdade e o que é mentira.

Por isso separamos algumas das perguntas mais frequentes sobre piercing e tatuagens para você tirar de vez alguns mitos da cabeça!

Tatuagem dói?
Tatuagem é feita com agulhas. Tanto a de traçar (de 1 a 3 agulhas), quanto a de sombrear ou colorir (mais de oito agulhas). Geralmente quanto mais agulhas, menor é a dor, já que o traço é mais espalhado na pele, mas sim, tatuagem dói. A quantidade de dor varia de pessoa para pessoa e do lugar. Os lugares mais comuns que “doem” são costelas, barriga, dedos, pescoço, genitais, rosto e axilas, que são peles mais finas e próximas de nervos e órgãos vitais.
Se a pessoa tem tendência a ter quelóide, pode fazer tatuagem?
Considerando que uma tatuagem é uma pequena lesão na pele, o processo de cicatrização é importante, e como seu corpo reage também. Muitas pessoas têm alergias a alguns pigmentos, por isso é aconselhável fazer um teste pequeno da tatuagem uma semana antes de fazer um desenho com pigmentos que você ainda não usou antes. No caso da quelóide, como a lesão da tatuagem vai só até a epiderme, que é uma camada bem superifical, não deve causar cicatriz, mas isso depende do profissional e da sua pele.

Por que não é indicado comer chocolate ou carnes gordurosas quando faço piercing ou tatuagem?
A carne de porco, camarão, chocolates e alimentos gordurosos aumentam a chance de inflamação. Como a tatuagem é uma lesão, ela tem que cicatrizar, e inflamações prejudicam a cicatrização. Muitas pessoas não têm problemas com esses alimentos, mas, na dúvida, mantenha uma alimentação balanceada e evite por quinze dias.

Piercing mal colocado pode causar paralisia?
Não. Um piercing é uma perfuração em um lugar do corpo, um piercing mal colocado pode sim causar queloides e, se mal cuidado, pode inflamar e causar reações adversas, mas a perfuração em si não causa paralisia.

Virar meu piercing novo faz o furo sarar mais rápido?
Não. As casquinhas do piercing nada mais são do que linfa seca. Linfa é um líquido transparente que sai do corpo em machucados, recheado de células de cicatrização. Se você roda o piercing, primeiro ele pode machucar o furo, por causa da fricção. Em segundo lugar, tirando essa casquinha você deixa seu machucado exposto. Até a cicatrização, mexa nele só no banho, com as mãos limpas.

Posso fazer piercings e tatuagens se estiver grávida/amamentando?
Pode, mas evite a região dos seios, para não correr o risco do bebê te machucar ou engolir a peça e furar o canal mamário.

Só posso fazer tatuagem com 18 anos? E se tiver autorização dos pais?
Sim, só com 18 anos. Antes disso não pode nem mesmo com a autorização dos pais. De acordo com a Lei Estadual nº 9.828 de 06/11/1997 , projeto de Lei nº 44 de 1997, é proibido a aplicação de tatuagens e adornos em menores de 18 anos.





TRASH TATTOO

A TRASH TATTOO É UM ESTILO NOVO DE TATUAGEM NO BRASIL, E SOMENTE ALGUNS TATUADORES CONSEGUEM FAZER ESSA TÉCNICA. ELA CONSISTE EM TATUAGENS COM RABISCO DESENHOS ONDE OS TRAÇOS NÃO SÃO TÃO EXATOS, NA MAIORIA DOS CASOS ELES IMITAM DESENHOS LIVRES E ESBOÇOS.


Onde fazer trash tattoo no Brasil? 
O tatuador André Cruz, do estúdio Paz Tattooagem, em São Paulo, explica que seu interesse pela trash tattoo surgiu dentro do pontilhismo. Ele se inspirou em trabalhos de tatuadores internacionais como o Marc Little Swatiska e o Daniel Di Mattia. “Essa técnica é muito conhecida lá fora, aprendi tudo o que eu sei de trash pela internet e fui me aperfeiçoando na técnica” conta o tatuador.  
Alguns dizem que o André Cruz foi um dos primeiros tatuadores a trazer esse novo estilo para o Brasil. Hoje outros profissionais também reproduzem esse estilo.
Como é feita trash tattoo? 
O estilo nasceu na Alemanha em 1859. André explica que a técnica usada para fazer a tattoo é a mesma da convencional. “As pessoas que procuram por esse estilo não têm dúvidas sobre o que ele é, a preocupação mais frequente é em como a tatuagem vai ficar, se vai ficar pesada, se vai chocar muito por ser tatuagem com rabiscos. Sempre peço referências do desenho que a pessoa quer para atender as expectativas, eu gosto de criar e não de copiar.” 
Atualmente não existe curso para aprender fazer a trash tattoo. O que André indica é procurar por workshops ou ir à estúdios de tatuagem que praticam esse estilo, trocar conhecimento e aprender na prática.

Cuidados 

Os cuidados necessários são os mesmo da tatuagem tradicional. Essa técnica não possui restrições do local a ser feito e o tempo de sessão é menor. “O desenho de trash mais pedido atualmente é o de coruja” conta André



- Copyright © MEDÁ CAFÉ - Hatsune Miku - Powered by Blogger - Designed by Johanes Djogan -